Postagens

MOBILIZAÇÃO INDÍGENA

Imagem
Líderes indígenas pedem o fim do “genocídio” dos indígenas isolados O xamã Yanomami Davi Kopenawa, que assinou a carta aberta alertando de um genocídio ocorrendo no país. © Fiona Watson/Survival Três líderes indígenas eminentes denunciaram o ataque conjunto do governo contra os direitos indígenas como “genocida.” Davi Kopenawa Yanomami, xamã e líder da tribo dos Yanomami em Roraima, Raoni Metuktire, líder Kayapó, e Sonia Bone Guajajara, ativista e líder Guajajara, publicaram uma carta aberta. Na

EDITAL PUBLICITÁRIO

EDITAL PUBLICITÁRIO
Pelo presente Edital em conformidade ao Art.22º alínea “b” do estatuto que rege a Associação, fica proclamada o resultado da eleição da nova diretoria da Associação União das Aldeias Apinajé-Pempxà realizada em 22 de setembro de 2017 às 09h05min em sua sede, localizado na Aldeia Irepxi, T.I. Apinajé, Zona Rural, Tocantinópolis-TO e inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica sob o nº CNPJ: 10.677.389/0001-68.
COMPOSIÇÃO DA NOVA DIRETORIA PARA O EXERCÍCIO DE 2017/2020:
Presidente: Luís Dias Sousa Apinagé, CPF: 030.175.881-6 e RG: 997.557 SSP- TO; Vice-presidente: Edvaldo Ribeiro Apinagé CPF: 030.322.911-00 e RG:  104.6118 SSP-TO; 1º Tesoureiro: Ercílio Rocha Dias Apinagé, CPF: 051.724.071-89 e RG: 1.128.604 SSP-TO; 2º Tesoureiro: Rafael Rodrigues Sousa Apinagé,CPF:030.173.411-94 e RG:0296475120053 SSP-MA; 1ª Secretária: Maria Aparecida Pereira da Silva CPF: 005.485.011-81 e RG: 334-247 SSP-TO; 2º Secretário: Antônio Veríssimo da Conceição, CPF: 253.485.902-15 e RG: 695…

RELATÓRIO DE VIOLÊNCIA 2016

Imagem
Cimi lança nesta quinta-feira relatório que sistematiza diversos tipos de violência e violações de direitos praticadas contra os povos indígenas no Brasil em 2016
Brasília (DF) – 3 de outubro de 2017 – As disputas políticas e o recrudescimento da ofensiva sobre os direitos indígenas em 2016 refletiram-se em graves ações de violência e violações em aldeias em todo o país. Esta é uma das constatações do Relatório Violência Contra os Povos Indígenas do Brasil – Dados 2016, uma publicação do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) que será lançado nesta quinta-feira, 5 de outubro, às 14h30, na nova sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília. Chama atenção novamente neste Relatório a quantidade de casos de suicídio, assassinato, mortalidade na infância e de invasões e exploração ilegal de bens comuns, principalmente madeira. O desrespeito do Estado ao direito dos indígenas de viverem nas suas terras ancestrais é um dos focos centrais da publicação, que traz um resu…

ORGANIZAÇÃO

Imagem
POVO APINAJÉ REALIZA VIII ASSEMBLEIA GERAL DA ASSOCIAÇÃO PEMPXÀ
           No período de 18 a 22 de setembro de 2017 realizamos na aldeia Irepxi a VIII Assembleia Geral da Associação Pempxà, que contou com as presenças de caciques, anciãos, mulheres, crianças, jovens, professores, estudantes (acadêmicos), Agentes de Saúde e demais lideranças, somando mais de 250 participantes.
           A exemplo de outras assembleias contamos (sempre) com as honrosas presenças desses parceiros e aliados da causa indígena, Dom Giovane Pereira de Melo e Pe. Miguel vieram representar a Diocese de Tocantinópolis, Laudovina Pereira e Eliane Franco Martins, compareceram representando a Pastoral Conselho Indigenista Missionário-CIMI e João Palmeiras veio de Augustinópolis -TO, representar a ONG, Alternativa para Pequena Agricultura do Tocantins APA-TO.

           O Centro de Trabalho de Indigenista - CTI e Associação Wyty Cate dos Povos Timbira de Maranhão e Tocantins, foram convidados mas não enviaram repre…

ASSEMBLEIA PEMPXÀ

POVO APINAJÉ PREPARA A 8ª ASSEMBLEIA GERAL ELETIVA DA ASSOCIAÇÃO UNIÃO DAS ALDEIAS APINAJÉ – PEMPXÁ, EVENTO SERÁ REALIZADO NO PERÍODO DE 17 A 21 DE SETEMBRO DE 2017
         A 8ª Assembleia Geral Eletiva da União das Aldeias Apinajé - Pempxà, está confirmada e será realizada no período de 17 a 21 na próxima semana. O evento acontecerá na aldeia Irepxi TI Apinajé, localizada à 45 km do núcleo urbano da cidade de Tocantinópolis - TO. Ao menos 200 pessoas, entre indígenas, (parceiros) instituições e não-índios que foram convidados e estão sendo esperados na assembleia.        Nesta assembleia debateremos as contradições da política indigenista que se agravaram no atual governo de Michel Temer, e o sucateamento e desmonte da FUNAI. Ressaltamos que a falta de fiscalização e proteção da TI, abre as portas para continuidade das invasões, práticas de crimes ambientais e outros ilícitos. Os conflitos e violências contra as pessoas e o patrimônio indígena estão se agravando nesta conjuntura.      …

O CERRADO RESISTE!

Imagem
“SE ESSES TERRITÓRIOS ESTIVESSEM COM OS FAZENDEIROS, ESSAS MATAS JÁ TINHAM ACABADO E ESSES RIBEIRÕES JÁ ESTAVAM SECOS E/OU POLUÍDOS”
       A partir de 2010 com a conclusão da UHE Estreito, temos monitorado a qualidade e a quantidade das águas do rio Tocantins e seus afluentes, especialmente as que nascem dentro da TI Apinajé. Nesse período observamos a gradativa e repentina diminuição do volume de águas das nascentes e ribeirões nos municípios de Tocantinópolis e Maurilandia, localizadas a jusante do barramento.
        Nos últimos 05 anos o rio Tocantins vêm sofrendo a maior crise hídrica e seca de sua história, em 2016 a travessia de balsa entre as cidades de Tocantinópolis - TO e Porto Franco - MA, foi totalmente interrompida por falta d’água. Pescadores e barqueiros da região afirmam que nunca viram o rio Tocantins nestas condições. Como se não bastasse todos os anos a região é intensamente castigada pelos incêndios nos campos e florestais, desastres que também contribui para degr…